Resgate histórico do Cerrado

O principal objetivo do Memorial dos Cerratenses é valorizar e dar visibilidade ao Cerrado por meio da história de personagens que dedicaram suas vidas para valorizar o bioma. Busca reconhecer, compilar e divulgar o patrimônio histórico que se constitui nas memórias biográficas destas personalidades. Oriundos das áreas da pesquisa e tecnologia, história, arte e cultura, movimentos sociais e povos tradicionais, o memorial apresenta pessoas que têm algo em comum: grande paixão e dedicação pelo Cerrado, e atuaram pela sua valorização e proteção, deixando um legado a ser difundido e compartilhado com todos.

E esta história continua

A história do Distrito Federal encontra-se em processo de construção e ainda é pouco conhecida pela sua população. Assim, o Memorial dos Cerratenses, torna-se uma ferramenta para o processo de construção desse conhecimento a partir das histórias de pessoas que deixaram um legado em prol do bioma cerrado.

Propomos um projeto de continuidade, onde mais e mais pessoas amantes do Cerrado possam ser homenageadas e suas histórias registradas.

Acreditamos que a história do Cerrado poderá ser construída de forma colaborativa! Você também pode sugerir novos homenageados e fazer parte desta construção!

Ficha técnica

  • Realização – Secretaria de Cultura e Governo de Brasília
  • Incentivo – Fundo de Apoio à Cultura – FAC
  • Produção – Tantri Arte e Culturare Arte e Educaçäo
  • Produção Audiovisual – Atman Filmes
  • Apoio - Jardim Botânico de Brasília e Secretaria de Meio Ambiente
  • Idealização – Rafael Poubel
  • Coordenação Geral e Direção Audiovisual – Carina Bini
  • Coordenador de Pesquisa – Robson Eleutério
  • Coordenação de Comunicação – Sueli Navarro
  • Projeto Totem Interativo – W. A. Produções
  • Programador – Heygon de Andrade do Lago
  • Edição e Montagem – Marcelo dos Santos
  • Filmagens – Leidemar dos Santos
  • Designer Gráfico – Bruno Thales